PADRE ALESSANDRO CAMPOS

Loading...

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Padre lança disco sertanejo

Seguir o rastro do sucesso alcançado por padres cantores como Marcelo Rossi e Fábio de Melo é o combustível que alimenta a empreitada de um novo sacerdote candidato a estrela musical. O padre Alessandro Campos, 27 anos, famoso no Distrito Federal pelas “missas sertanejas” que prega, lançou se primeiro CD, O Homem Decepciona, Jesus Cristo Jamais, que será vendido em todo o Brasil. Apoiado por uma grande gravadora, espera-se que pelo menos 200 mil cópias iniciais sejam distribuídas.


Padre Alessandro ganhou fama entre os fiéis da igreja católica com sua maneira peculiar de conduzir suas missas. Primeiro tenente do Exército, o padre foi capelão da Paróquia Militar São Luiz Gonzaga e Santa Rita de Cássia, localizada no Colégio Militar Quadra na 902/903 Norte.


Com a nova empreitada e com o objetivo de abrir muitas festas de rodeio em diversos estados do País, o padre não irá mais celebrar as missas na capela militar. “Tive que fazer essa opção em razão de uma turnê que iremos começar. Viajo para Europa na próxima semana e em seguida começamos com os shows”, afirmou o padre que fez seu ordenamento há cerca de quatro anos e meio.


O padre ganhou fama por sua musicalidade e ao mesmo tempo encarnar um autêntico peão, com chapéu, roupas, cinto, botas e um trabalho musical para adaptar músicas sertanejas com os cânticos religiosos. “Infelizmente não tenho condições de conciliar essa nova empreitada com a realização das missas, mas tenho que dizer que não me considero um artista e sim um religioso que trabalha para transmitir a fé”.


Quem sempre acompanhou as missas realizadas pelo padre sertanejo terá a oportunidade de se despedir neste sábado, na Igreja Santo Expedito (303 Norte), às 17h. “Essa será a minha última missa antes de começar a série de shows e espero que todos os fiéis gostem da celebração, que terá um gosto especial”, disse o padre.

Fonte: Da redação do clicabrasilia.com.br

 

quinta-feira, 28 de abril de 2011

O que diz a Bíblia sobre confiar

Confie em Deus e não nas suas próprias idéias brilhantes.
A Bíblia diz em Provérbios 3:5-6 "Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas."
Confiar significa crer que Deus fará exatamente o que Ele diz.
A Bíblia diz em Romanos 3:21-22 "Mas agora, sem lei, tem-se manifestado a justiça de Deus, que é atestada pela lei e pelos profetas; isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos os que crêem; pois não há distinção."
Paz perfeita resulta de confiar em Deus.
A Bíblia diz em Isaías 26:3 "Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti."

Mensagem de Fé - O Casal

Um casal de jovens recém-casados, era muito pobre e vivia de favores num sitio do interior. Um dia o marido fez a seguinte proposta a esposa:
- Querida eu vou sair de casa, vou viajar para bem longe, arrumar um emprego e trabalhar até ter condições para voltar e dar-te uma vida mais digna e confortável. Não sei quanto tempo vou ficar longe, só peço uma coisa, que você me espere e, enquanto estiver fora, seja fiel a mim, pois eu serei fiel a você.

Assim sendo o jovem saiu. Andou muitos dias a pé, até que encontrou um fazendeiro que estava precisando de alguém para ajudá-lo em sua fazenda. O jovem chegou e ofereceu-se para trabalhar, no que foi aceito. Pediu para fazer um pacto com o patrão, o que também foi aceito.

O pacto seria o seguinte:

- Me deixe trabalhar pelo tempo que eu quiser e quando eu achar que devo ir, o Senhor me dispensa das minhas obrigações.

- Eu não quero receber o meu salário. Peço que o Senhor o coloque na poupança, até o dia em que eu for embora.

- No dia em que eu sair o Senhor me dá o dinheiro e eu sigo o meu caminho. Tudo combinado. Aquele jovem trabalhou durante vinte anos, sem férias e sem descanso. Depois de vinte anos chegou para o patrão e disse:

- Patrão, eu quero o meu dinheiro, pois estou voltando para a minha casa.

O patrão então lhe respondeu:

- Tudo bem, afinal, fizemos um pacto e vou cumpri-lo, só que antes, quero lhe fazer uma proposta, tudo bem?

- Eu lhe dou todo o seu dinheiro e você vai embora ou eu lhe dou três conselhos e não lhe dou o dinheiro e você vai embora. Se eu lhe der o dinheiro eu não lhe dou os conselhos e se eu lhe der os
conselhos eu não lhe dou o dinheiro.

- Vá para o seu quarto, pense e depois me de a resposta.

Ele pensou durante dois dias, procurou o patrão e disse-lhe:

- Quero os três conselhos.

O patrão novamente frisou: - Se lhe der os conselhos, não lhe dou o dinheiro. E o empregado respondeu:
Quero os conselhos. O patrão então lhe falou:

01) Nunca tome atalhos em sua vida, caminhos mais curtos e desconhecidos podem custar a sua vida;

02) Nunca seja curioso para aquilo que é mal, pois a curiosidade pro mal pode ser mortal;

03) Nunca tome decisões em momentos de ódio ou de dor, pois você pode se arrepender e ser tarde demais.

Após dar os conselhos, o patrão disse ao rapaz, que já não era tão jovem assim:
 
- Aqui você tem três pães, dois para você comer durante a viagem e o terceiro é para comer com sua esposa quando chegar a sua casa.

O homem então, seguiu seu caminho de volta, depois de vinte anos longe de casa e da esposa que ele tanto amava. Após o primeiro dia de viagem, encontrou um andarilho que o cumprimentou e lhe perguntou:
- Para onde você vai?

Ele respondeu: - Vou para um lugar muito distante que fica a mais de vinte dias de caminhada por esta estrada.
O andarilho disse-lhe então: - Rapaz, este caminho é muito longo, eu conheço um atalho que "é dez" e você chega em poucos dias.

O rapaz contente, começou a seguir pelo atalho, quando lembrou-se do primeiro conselho, então voltou e seguiu o caminho normal.

Dias depois soube que o atalho levava a uma emboscada. Depois de alguns dias de viagem, cansado ao extremo, achou uma pensão à beira da estrada, onde pôde hospedar-se. Pagou a diária e após tomar um banho deitou-se para dormir. De madrugada acordou assustado com um grito estarrecedor.
 
Levantou-se de um salto só e dirigiu-se à porta para ir até o local do grito. Quando estava abrindo a porta, lembrou-se do segundo conselho. Voltou, deitou-se e dormiu.

Ao amanhecer, após tomar o café, o dono da hospedagem lhe perguntou se ele não havia ouvido um grito e ele disse que tinha ouvido. O hospedeiro disse:

E você não ficou curioso? ele disse que não. No que o hospedeiro respondeu:

- Você é o primeiro hóspede a sair vivo daqui, pois meu filho tem crises de loucura; grita durante a noite e quando o hospede sai, mata-o e enterra-o no quintal. O rapaz prosseguiu na sua longa jornada, ansioso por chegar a sua casa.

Depois de muitos dias e noites de caminhada... Já ao entardecer, viu entre as árvores a fumaça de sua casinha, andou e logo viu entre os arbustos a silhueta de sua esposa. Estava anoitecendo, mas ele pôde ver que ela não estava só.

Andou mais um pouco e viu que ela tinha entre as pernas, um homem a quem estava acariciando os cabelos. Quando viu aquela cena, seu coração se encheu de ódio e amargura e decidiu-se a correr de encontro aos dois e a matá-los sem piedade.

Respirou fundo, apressou os passos, quando lembrou-se do terceiro conselho.

Então parou, refletiu e decidiu dormir aquela noite ali mesmo e no dia seguinte tomar uma decisão. Ao amanhecer, já com a cabeça fria ele disse:

- Não vou matar minha esposa e nem o seu amante. Vou voltar para o meu patrão e pedir que ele me aceite de volta. Só que antes, quero dizer a minha esposa que eu sempre fui fiel a ela. Dirigiu-se à porta da casa e bateu. Quando a esposa abre a porta e o reconhece, se atira ao seu pescoço e o abraça afetuosamente. Ele tenta afastá-la, mas ano consegue. Então com lágrimas nos olhos, lhe diz:
 
- Eu fui fiel a você e você me traiu. . .

Ela espantada lhe responde:

- Como? Eu nunca te trai, esperei durante esses vinte anos.

Ele então lhe perguntou:

- E aquele homem que você estava ,acariciando ontem ao entardecer?

E ela lhe disse:

- Aquele homem é nosso filho.

- Quando você foi embora, descobri que estava grávida. Hoje ele está com vinte anos de idade.

Então o marido entrou, conheceu, abraçou seu filho e contou-lhes toda a sua história, enquanto a esposa preparava o café.

Sentaram-se para tomá-lo e comer juntos o último pão.

Após a oração de agradecimento, com lágrimas de emoção, ele parte o pão e ao abri-lo, encontra todo o seu dinheiro, o pagamento por seus vinte anos de dedicação.

Muitas vezes achamos que o atalho "queima etapas" e nos faz chegar mais rápido, o que nem sempre é verdade...

Muitas vezes somos curiosos, queremos saber de coisas que nem ao menos nos dizem respeito e que nada de bom nos acrescentará...

Outras vezes, agimos por impulso, na hora da raiva, e fatalmente nos arrependemos depois...

Espero que você, assim como eu, não se esqueça desses três conselhos e não se esqueça também, de CONFIAR ( mesmo que a vida muitas vezes já tenha te dado motivos para a desconfiança ) .
 

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Creche fundada pelo Padre Alessandro Campos

NOSSO ENDEREÇO É: AVENIDA HENRIQUE EROLES, 1258 - ALTO DO IPIRANGA - MOGI DAS CRUZES SÃO PAULO CEP:.08730-590 Telefone de Contato da Creche: 0xx11 23786096 Telefone de Contato da Mãe do Padre Alessandro: 0xx11 74355776 (Maria de Fátima).

Mensagem de Fé - Não julgue; apenas compreenda

Um sujeito estava colocando flores no túmulo de um parente, quando viu um chinês colocando um prato de arroz na lápide ao lado.

Ele virou-se para o chinês e perguntou:
- Desculpe, mas o senhor acha mesmo que o defunto virá comer o arroz?

E o chinês respondeu:
- Sim, quando o seu vier cheirar as flores!!!

"Respeitar as opiniões do outro, em qualquer aspecto e situação, é uma das maiores virtudes que um ser humano pode ter."

As pessoas são diferentes, agem diferente pensam diferente.

Nunca julgue, apenas compreenda!!!

PADRE ALESSANDRO CAMPOS


terça-feira, 26 de abril de 2011

A Agenda da Felicidade

 

O sorriso...
É o cartão de visita das pessoas saudáveis.
Distribua-o gentilmente.
O diálogo...
É a ponte que liga as duas margens, do eu à do tu.
Transmite-o bastante.
O amor...
É a melhor música na partitura da vida.
Sem ele, você será um eterno desafinado.
A bondade...
É é a flor mais atraente do jardim de um coração bem cultivado.
Plante estas flores.
A alegria...
É perfume gratificante, fruto do dever cumprido.
Esbanje-o, o mundo precisa dele.
A paz da consciência...
É o melhor travesseiro para o sono da tranqüilidade.
Viva em paz consigo mesmo.
A fé...
É é a bússola certa para os navios errantes,
incertos, buscando as praias da eternidade. Utilize-a.
A esperança...
É o vento bom enfunando as velas do nosso barco.
Chame-o para dentro do seu cotidiano.